Anúncio Suíte

Talvez você já tenha se deparado com um certo problema de colocar as ideias no aplicativo (photoshop, Illustrator, Indesign, CorelDRAW, ou seja lá qual for). Dá aquele branco ou travada. Aí, começa a mexer, sai umas coisas mas não chega nem perto do que você imaginou e nem fica bom (às vezes o sem querer sai até melhor do que eu tinha imaginado). Aí você pensa: “Caramba! Tô com um bloqueio criativo”. Se identificou né? Então, você vai entender o que acontece neste post.

O computador é uma máquina da qual você tem controle (É nada. Se bem que o meu as vezes baixa sozinho alguma coisa não identificada…) e não sabendo exatamente que comando dar, vai sair nada, um tremendo “?”. Aí está o “X” da questão. Porque não consegue criar? Simples! Sua cabeça está com tanta ideia, mas tanta ideia, que precisa ser organizada. Nada, dá pra fazer bem feito na “doida” – existem exceções- , nem muito menos criar algo.

Posso te mostrar uma coisa?

Antes de continuar a sua leitura, posso te contar uma novidade? Eu lancei recentemente a minha própria plataforma de cursos online, a Suíte Criativa, e depois de 5 anos publicando vídeos, tutoriais e dicas no canal do Clube do Design no youtube eu finalmente desenvolvi o meu próprio curso online de Illustrator com certificado.

Se você puder, dá uma olhadinha lá no site e conheça o meu curso de Illustrator. Tenho certeza de que você pode aprender muito sobre um dos aplicativos criativos mais usados do mercado. Não se assuste, o preço é barato sim! O meu objetivo é que todas as pessoas possam ter acesso a ensino de qualidade, por um preço extremamente acessível.

Obrigado! Continue com a sua leitura ;)

Mas como eu organizo minhas ideias?

Simples, pequeno(a) gafanhoto! Lápis e papel! Não, não quero saber se você sabe ou não desenhar, é pra você escrever TUDO que vier a sua cabeça e quase sempre descartar o que vem primeiro, porque na maioria das vezes, é o óbvio, o que todo mundo pensaria de cara. O nome disso é planejamento criativo.

Faça o teste. Digamos que tenha um anúncio em formato de flyer pra criar. De um cliente que você é acostumado a fazer sempre a mesma coisa, nada demais, nenhuma sacada genial e todas essas coisas que faz o cliente ficar “Masoque, isso é genial”.

Você pega o Briefing, analisa e tá tudo ok. Aí, deixa em cima da sua mesa e vai dar uma volta, vai ao ar livre ou qualquer lugar que você sabe que te inspira. Mas se não puder sair, procura ver alguns comerciais da área do seu cliente, vale concorrente. E abre sua mente,observe os aspectos, como possivelmente foi feito e aí, vá para o lápis e papel.

Comece a escrever como você imagina o job. Ex: quero um fundo bem clean, talvez um tom de bege e alguns elementos meio transparentes. Uma mulher de destaque, ela está com expressão destemida e blablabla. Vou usar tal cor, porque remete a tal produto que meu cliente vende. Vou usar tal linguagem, porque o público dessa marca é de tal classe, de tal idade. 

Entendeu? Você vai descrever tudo. Se souber desenhar, desenhe também, joga tudo pra fora. Quando perceber que já não sai mais nada e que já tem MUITA informação no papel, vá para o software e comece a  desenvolver o que você pensou. Pode ser que a partir do que você escreveu, enquanto você estiver no software, mude, tenha outras ideias.

Não descarte, nem o que você pensou antes e nem o que está pensando enquanto põe em prática, anote tudo, faça inúmeras artes com suas ideias e verá como ficará mais “fácil” começar e desenvolver bem seus trabalhos!

Publicidade

2 Comentários

  1. Nossa excelentes dicas, esses desnorteamentos criativos as vezes acontecem, mas nada que os nossos velhos e queridos papel e lápis não resolvam…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here