Anúncio Suíte

Depois de gravar e regravar este vídeo várias vezes, eu decidi publicá-lo. Mesmo que o resultado não tenha ficado dos melhores, eu acho válido levantar o questionamento e convidá-los para conversar sobre o assunto.

Gráficas que não cobram pelo serviço criativo deixam de obter uma fatia muito grande de faturamento de um mercado que tem futuro promissor, e que precisa ser explorado. Além disso, a negligência na profissionalização de seus empregados, falta de investimentos e o uso de recursos piratas ou “grátis” acabam tornando o processo ainda mais difícil.

Posso te mostrar uma coisa?

Antes de continuar a sua leitura, posso te contar uma novidade? Eu lancei recentemente a minha própria plataforma de cursos online, a Suíte Criativa, e depois de 5 anos publicando vídeos, tutoriais e dicas no canal do Clube do Design no youtube eu finalmente desenvolvi o meu próprio curso online de Illustrator com certificado.

Se você puder, dá uma olhadinha lá no site e conheça o meu curso de Illustrator. Tenho certeza de que você pode aprender muito sobre um dos aplicativos criativos mais usados do mercado. Não se assuste, o preço é barato sim! O meu objetivo é que todas as pessoas possam ter acesso a ensino de qualidade, por um preço extremamente acessível.

Obrigado! Continue com a sua leitura ;)

Com a justificativa de que o mercado concorrente pode inviabilizar a prática, a entrega de projetos gráficos como “brindes” por estabelecimentos gráficos e de comunicação visual é muito comum, e acaba prejudicando não só o fornecedor, mas o mercado como um todo, já que nivela por baixo o mercado de design gráfico que é ocupado por profissionais freelancers dedicados exclusivamente na prestação do serviço.

Além disso, o resultado obtido com projetos gráficos gratuitos, na maioria das vezes, é péssimo, além de passar a falsa impressão ao cliente de que design gráfico é algo que “não vale a pena se pagar”.

E você, cobra a arte do seu cliente?

Você entrega a arte a este cliente quando ele solicita?

Qual é o seu posicionamento a respeito?

Comenta aí!

Não deixe de visitar e se inscrever no canal do Clube do Designs no YouTube.

Publicidade

6 Comentários

  1. Olá Liute, tudo bem?
    Desde que acompanhei sua vídeo aula ensinando a fazer a agenda permanente no corel, estou com muita dificuldade para fazer o arquivo. Meu corel x6 está com um erro e eu não consigo resolver. Quando eu escrevo qualquer coisa no documento e clico fora para posicionar e editar o texto, este muda de cor ficando somente com um contorno azul, como se fosse um link…e quando clico na palavra, ela volta a aparecer a cor que escolhi. Junto a isso, não consigo importar imagens para o meu documento pois aparece uma mensagem dizendo que o comando não é aceito….e para piorar, quando eu coloco para salvar o arquivo, nada do que fiz aparece no PDF, o documento salva em branco sempre que acontece esses erros que te falei. De 10 tentativas que de fazer um documento, 9 acontece esse erro que está me deixando louca. Já desinstalei e reinstalei o programa mais de 20x e continua com este mesmo erro. Você saberia me ajudar? Quero muito fazer uma agenda para mim mas não consigo de jeito nenhum.

  2. Cara, gostei muito do seu video, concordo plenamente com o que você disse sobre cobrar a arte e é exatamente o que eu faço. Trabalhei em uma empresa que a are era cobrada porém muito baixo o preço e achei muio injusto, almentei os valores junto é claro com a qualidade, no começo tive problemas mas depois a coisa andou. Trabalho na área já faz alguns anos, e para ninguém ficar falando que não tinha formação, acabei fazendo faculdade de designer gráfico, na faculdade eu via alguns absurdos de professores que ensinavam coisas muito fora da realidade do mercado e eu acabava me intrometendo um pouco no assunto, com educação é claro e explicava o meu ponto de vista como profissional atuante e não apenas técnico. Jamais faço arte de graça, isso porque quando desenvolvo um logotipo eu como desenhista também gosto de esboçar as idéias primeiro a lápide e depois vou para o pc reforçar o conceito. Muito bom o seu vídeo, olhei por acaso no facebook compartilhado e acabei me interessando em assistir.
    Um grande abraço.

  3. Boa tarde! Tenho uma loja gráfica e de impressão digital e essa tem sido a minha maior dificuldade… Por conta dos concorrentes e a desvalorização da arte final tem sido um pouco difícil cobrar a arte final dos clientes, o que tenho feito são as arte sem custo, mas não passo a arte para o cliente, caso ele queira a arte para imprimir o pedido em outro lugar eu faço a cobrança da criação / arte final e assim geralmente os clientes pagam. Mas concordo que o ideal seria fazer a distinção de uma e outra coisa, assim mesmo que o cliente não volte mais a imprimir comigo pelo menos o valor da arte final (tempo empenhado, etc), seriam recuperados. Mas como nosso ramo é uma caixinha de surpresas e temos que manter a empresa, vou fazendo conforme dá. Mas vou sim começar a implementar as dicas que foram passadas no vídeo….

    At. Rodrigo Martins

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here