A história do CorelDRAW

4
411

Um pouco da história

O CorelDRAW Graphics Suite, ou simplesmente CorelDRAW é o aplicativo pioneiro em diagramação de páginas e edição vetorial para a plataforma Windows. Foi lançado em 1989  como o primeiro programa capaz de reunir imagens, vetores e textos coloridos dentro de um mesmo arquivo. Dois anos mais tarde, com o lançamento da versão 3, em 1991, trouxe a primeira suíte de edição gráfica da história, que combinava ilustração vetorial, layout de página, edição de fotos e muito mais em um único pacote.

O aplicativo tem uma história memorável e atualmente se mantém como o programa mais usado no Brasil somando gráficas, bureaus de serviço, profissionais do design e amadores. O CorelDRAW, atualmente em sua versão X6 (16) é intuitivo e é bem mais fácil de se aprender a usar do que seus concorrentes, em especial o Adobe Illustrator, embora sua principal vantagem sobre ele durante um bom tempo tenha sido o preço, o aplicativo cativou principalmente usuários menos experientes que são capazes de desenvolver projetos usando recursos de maneira menos descomplicada. Não sendo por isso um aplicativo amador, pelo contrário, a suíte CorelDRAW é usada por grandes profissionais capazes de projetar material complexo e com um nível de detalhe surpreendente.

No momento atual existem diversos pontos de vista dos profissionais de design quanto a utilização do CorelDRAW, principalmente em questões de que ele não seja um programa para uso profissional. De fato muitos profissionais preferem o seu concorrente (o Illustrator), mas a grande maioria de estabelecimentos gráficos ainda se mantem firme na utilização do CorelDRAW como aplicativo principal. Apesar de parecerem aplicativos semelhantes no que diz respeito ao tipo de trabalho que ambos desenvolvem, o CorelDRAW e o Adobe Illustrator são ferramentas que possuem suas distinções. Assim como qualquer projeto computacional ou outro trabalho qualquer como marcenaria, carpintaria, mecânica, deve-se escolher a melhor ferramenta para desenvolver determinado tipo de trabalho. É possível aplicar o uso do CorelDRAW para arquivos para impressão profissional,  impressão digital entre outros, dada a sua ampla gama de recursos de imposição de páginas, impressão mesclada, possibilidade de implementação de gerenciamento de cores profissional e sua alta capacidade em fechamento de arquivos e arte final.

De maneira nenhuma vamos discutir aqui se um aplicativo é melhor do que outro, mas sim mostrar onde e porque ambos são bons para desenvolver seus projetos criativos. Quer conhecer mais sobre o Illustrator? Clique no AI no menu logo acima.

Para que serve o CorelDRAW?

A proposta inicial do CorelDRAW era auxiliar em projetos de desenho 2D usando vetores, mas com um tempo passou a oferecer recursos de diagramação e layout de páginas, bem como a possibilidade de edição de imagens com o auxilio dos demais aplicativos que o acompanham. Com ele você é capaz de criar ilustrações, projetos publicitários, flyers, cartões de visitas, convites, outdoors, cartazes e qualquer outro material de papelaria que solicite a aplicação de desenho vetorial.

Ele possui um poderoso arsenal de ferramentas que auxiliam o usuário a criar formas complexas, efeitos de transparência e sombreamento alem de uma série de filtros para imagens. Sua interface é considerada uma das mais intuitivas e fáceis de usar, usando o conceito de caixas de ferramentas e janelas de encaixe para a distribuição de seus recursos sobre a área de trabalho.

CDGS_oldNew

Acompanham atualmente a CorelDRAW Graphics Suíte X6, além do CorelDRAW como aplicativo principal os programas:

  • Corel PHOTO-PAINT – editor gráfico raster (bitmap)
  • Corel PowerTRACE – programa de transformação de bitmaps em vetores
  • Corel CAPTURE – programa para captura de tela

Serviços de suporte:

  • CorelDRAW ConceptShare
  • Assistente de código de barras
  • Bitstream Font Navigator
  • Criador de perfis do bureau de serviços
  • Assistente frente e verso

Produtos incluídos no passado:

  • Corel R.A.V.E. – um programa de animação vectorial comparável ao Adobe Flash

O CorelDRAW X6 apresenta um novo mecanismo eficiente de tipografia, ferramentas versáteis de estilo e de harmonização de cores, desempenho aprimorado com suporte a 64 bits e vários núcleos e uma ferramenta completa de criação de sites pelo próprio usuário, todos os recursos avançados que enriquecem qualquer projeto de design.

Esta versão inclui ainda uma ampla compatibilidade com mais de 100 formatos de arquivo populares e está otimizada para os mais recentes sistemas operacionais Windows®, dando continuidade à sua tradição global como a principal escolha para software de design gráfico profissional.

Você pode acessar todas as informações técnicas do aplicativo clicando aqui e acessando a página oficial da Corel no Brasil.

Você também pode conhecer a história do CorelDRAW na integra visitando a página de história no site da Corel ou seu artigo publicado na Wikipedia.

Portanto, se você é um profissional ou pretende ser um, o CorelDRAW é um aplicativo que pode lhe auxiliar a desenvolver seus projetos, seja você designer gráfico, webdesigner, ou desenvolvedor de embalagens para produtos vale a pena se aprofundar e aumentar seu potencial na utilização do aplicativo.

Falaremos um pouco mais sobre o aplicativo e como você pode comprá-lo ou baixar uma versão de testes no próximo artigo.

Seria muito bom se você visitasse nossa fanpage no facebook e curtisse, e também visitasse nosso canal no youtube e twitter, assim você poderá acompanhar de perto tudo o que acontece por aqui.

4 COMENTÁRIOS

  1. Nossa muito bom,estou fazendo um trabalho sobre o coreldraw e não estava achando nada sobre isso ai achei esse texto obrigada pela ajuda abraços

  2. Gosto muito do corel é muito intuitivo… mas em algumas situações ele costuma dar uma zangada no fundo degradê dos arquivos ao converter em pdf x1a, coisa que não acontece com softwares da adobe.

    Liute se você tiver algum macete sobre o assunto ficaria muito grato.

    • Leandro, uma boa dica é aumentar as etapas de gradiente na janela de configurações do PDF, ou até mesmo no próprio aplicativo. Nunca tive problemas com gradientes, verifique se está usando o modo de cores correto para todas as cores, CMYK no caso.
      Um abraço!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here