Qual a relação do cinema com o design?

Você sabia que o design tem uma forte relação com o cinema? Veja nesse artigo quais são alguns dos elementos que envolvem a criação de um filme e que podem contar com o trabalho de um designer, seja de forma direta ou indireta

Qual a relação do cinema com o design?

Frequentemente alguém me pergunta se o design tem a ver com o cinema e se um pode trabalhar de alguma forma ligado a sétima arte.

Nesse artigo eu vou mostrar quais são alguns dos elementos que envolvem a criação de um filme e que podem contar com o trabalho de um designer, seja de forma direta ou indireta.

O cinema é algo que encanta e conquista a todos, você pode até não ser muito fã de cinema, mas com certeza tem algum filme que marcou a sua vida.

Os designers normalmente são fascinados pelo cinema, seja pela narrativa, os efeitos especiais, as cenas criativas, etc.

O cinema está entre as preferências das mentes criativas.

Cinema e design possuem uma forte relação.

Isso acontece devido a relação íntima que o design tem com o cinema, o que acaba tornando ele altamente atrativo para os designers e outros criativos mesmo que essa atração as vezes seja um pouco subjetiva.

Quando alguém me pergunta se o design tem alguma relação com o cinema e se o pode trabalhar com cinema, a minha resposta é sempre “sim”.

Essa resposta me parece meio óbvia já que é bem claro para mim que o cinema é uma forma de comunicação, não somente oral através das falas, mas principalmente visual e o é, acima de tudo, um comunicador e por conta disso tem toda a capacidade técnica para trabalhar no meio cinematográfico.

Alguns estudantes tem um pouco de dificuldade em identificar as formas como os designers podem vir a atuar na indústria cinematográfica.

Sendo assim eu vou listar 10 maneiras de um trabalhar em uma produção cinematográfica.

1. Criação e composição de cenários

Dentro de um filme o cenário é uma parte fundamental já que ele indica o tempo e o local onde se desenvolve a trama.

O designer pode trabalhar na criação do cenário tendo como base o roteiro.

O designer passa a ser ainda mais importante a medida em que o cenário foge do convencional e exige pesquisa, adaptação ou criação.

Um cenário bem projetado faz toda a diferença em um filme, as cores predominantes devem ser cuidadosamente selecionadas.

As cores do figurino dos personagens que estarão naquele cenário devem ser levadas em consideração para evitar que as cores se misturem.

Os objetos devem ser escolhidos e posicionados de uma forma que o cenário cumpra sua função e assim por diante.

2. Criação de figurino

Uma outra atividade que pode ser desenvolvida por um designer é a criação de figurino.

As roupas e os figurinos dos personagens são primordiais, pois ajudam a transmitir um pouco da personalidade de cada um deles.

Como profissional criativo o designer pode utilizar seus conhecimentos em criação, desenho, estamparia, etc. para projetar diferentes estilos de figurino não somente quando se trata de roupas comuns, mas também de vestimentas menos convencionais.

Talvez você não vá projetar uma armadura, mas mesmo em pequenas produções as vezes se faz necessário a criação de figurinos incomuns.

3. Efeitos especiais

Os efeitos especiais estão bastante presentes principalmente em grandes produções.

Os designers são capazes de auxiliar na execução de efeitos especiais.

Podem participar na representação gráfica, no desenvolvimento de peças ou adereços além de poder realizar edições de vídeo juntamente com computação gráfica.

4. Web design

Como todos sabem, hoje em dia o web design está cada vez mais presente em nossas vidas, e no cinema não seria diferente.

Até mesmo os filmes estão tendo os seus próprios web sites como meio de promoção apresentando elementos como o trailer, elenco e sinopse.

Esse, portanto se torna um ótimo campo de atuação para um designer que deseje trabalhar em algo relacionado a cinema.

Eu acredito particularmente que a criação de sites para filmes tem um caráter especial por permitir que a imaginação e a criatividade do web designer sejam realmente testadas já que cada filme vai exigir um layout completamente diferente e fora dos padrões que estamos habituados a ver em sites de empresas por exemplo.

5. Animações

Um ramo do cinema que também pode contar com a participação de designers são as animações.

Nelas é quase obrigatória a participação de designers gráficos.

Isso por que eles podem atuar desde a criação de toda a parte gráfica dos personagens até a sua animação através de softwares.

Todos os tópicos citados anteriormente aplicam-se também para as animações e o designer tem ainda mais possibilidades de trabalho.

Em muitos cursos de design, principalmente gráfico, é ensinado sobre animação e as principais técnicas utilizadas em animações, mostrando mais uma vez que o design e o cinema estão relacionados.

6. Criação de personagens

Como eu disse anteriormente o designer pode participar também com a criação do estilo visual dos personagens.

Alguns roteiros não dão detalhes sobre os personagens, apenas indicam características gerais.

O designer então fica responsável por criar o visual deles, não apenas especificando o tipo de roupa, mas também dando detalhes de sua caracterização, criando por exemplo, o penteado, tatuagens, expressão corporal e até mesmo a interação visual com o cenário.

7. Criação de cartaz

O Cartaz também é um elemento de grande importância na produção de um filme por ser uma das principais formas de divulgação.

Assim como o trailer o cartaz deve transmitir a essência do roteiro do filme e deve fazer com que o espectador queira assistir.

O designer sem dúvida é plenamente capacitado para criar um cartaz criativo transmitindo os sentimentos do filme através de fotografias, tipografias, cores etc.

8. Fotografia e composição dos quadros.

No cinema a fotografia tem o papel de ajudar a contar a história através dos enquadramentos e posicionamentos de câmeras.

Embora não seja tão comum designers trabalharem nesse setor em grandes filmes, um bom designer pode utilizar uma série de conhecimentos que permitem que ele trabalhe na composição de cenas e na fotografia do filme.

Geralmente podem ser aplicadas técnicas de fotografia e até mesmo produção audiovisual.

9. Material de divulgação

Tanto os grandes filmes, como também as produções mais simples possuem material promocional como camisas, panfletos, cartazes, ações promocionais etc.

O designer gráfico é o profissional indicado para projetar esses materiais mantendo uma identidade entre eles e também funcionando como um atrativo para o filme.

10. Narrativa

Parece que não, mas o designer pode sim auxiliar na forma como a história do filme é contada.

Muitos filmes se utilizam de formas gráficas de expressão para transmitir a mensagem da narrativa.

O designer pode utilizar seus conhecimentos de cores, poéticas visuais ou composição para transmitir as emoções exigidas pela narrativa do filme.

Conclusão

Espero que esse artigo tenha ajudado você a perceber que o design e o cinema têm muito em comum e que o cinema é mais um dos campos em que o designer pode atuar e aplicar os seus conhecimentos e criatividade.

E você conhece outras formas em que o designer pode trabalhar com cinema? Então compartilha comigo o seu comentário.

Hoje vou encerrando por aqui, um grande abraço e até a próxima.

Você também pode gostar de ler:

0 0 votes
Deixe sua nota
Subscribe
Notify of
guest
9 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Michele Eguchi
Michele Eguchi
26/03/2017 14:27

Parabéns pelo post. Tô tentando encontrar uma maneira de unir o cinema (filmes de horror) com o meu tcc em web. Foi extremamente esclarecedor. Gratidão

Izabele Renata
Izabele Renata
19/01/2016 05:14

Tem algum nome especifico para a área do designer que trabalha com filmes em geral? Ou para cada área citada acima, tem uma área de atuação especifica? Se sim, quais?

Descobri hoje o meu interesse por design, então eu sei bem pouco sobre as várias vertentes da profissão. Eu fiquei bem empolgada com a possibilidade de trabalhar com filmes.

Em cada área do cinema que você disse tem um ou vários profissionais (não-designer) trabalhando. O que eu tenho mais dúvida é: Qual é a posição do designer com esses profissionais. Até que ponto um designer pode interferir/contribuir, sem confundir de profissão com o outro? Essa é a minha maior dúvida.

Rafael Costa
Rafael Costa
19/01/2016 21:09
Reply to  Izabele Renata

Olá Izabele tudo bem? O ramo do design que trabalha com a criação áudio visual é o motion design, porém as áreas que foram citadas no artigo normalmente tem um profissional específico e que geralmente não é um motion designer como por exemplo a criação de cenários que pode ser feita tanto por um cenógrafo quanto por um designer gráfico com essa especialização.

Normalmente as grandes produções áudio visuais contam com diversos profissionais em diferentes áreas e com diferentes formações, o que quis mostrar com o artigo é que o designer tem base para trabalhar em quase todas essas áreas dentro de uma produção cinematográfica.

A posição dele vai depender mesmo da produção e também das habilidades técnicas de cada profissional. O designer pode tanto orientar quanto a determinados aspectos do design dentro do filme como também orientar pesquisa e propostas de figurino, cenário, efeitos etc.

Não se ficou claro mas espero ter respondido sua dúvida, obrigado por comentar e espero que continue se envolvendo no design.

Grande abraço.

Izael F
Izael F
08/02/2015 01:47

E ai, Rafael, tudo bem?
Cara, também sou estudante de design gráfico e estou fazendo meu tcc. Amo cinema e adoraria fazer um trabalho que relacionasse as duas áreas. Seu post já me ajudou bastante, mas ainda tenho dificuldades em restringir o meu tema. Penso em fazer algo relacionado a composição dos quadros ou a narrativa. Quero realmente fazer um trabalho que ressalte como o designer gráfico possa vir a influenciar e ajudar na narrativa do filme. Porém, ainda sinto dificuldades em especificar isso. Já pesquisei alguns cineastas que de alguma forma já lidaram ou lidam com design. Penso em trabalhar com Wong Kar-wai, ou Saul Bass, ou Jacque Tati. Você poderia me dar alguma dica? Se tiver algum livro pra indicar, melhor ainda!
Abraço.

Rafael Costa
Rafael Costa
09/02/2015 12:15
Reply to  Izael F

Olá @izaelf:disqus tudo bem? Primeiramente obrigado por comentar e por compartilhar as suas dúvidas e ideias sobre seu TCC. Cara, realmente assim de “bate e pronto” não seria nada fácil te dar uma dica sobre como o design gráfico pode influenciar na narrativa do filme. Mas algo que posso afirmar que eu faria é tentar abordar um conjunto de elementos e não apenas um, tenho receio de que o material disponível não seja suficientemente satisfatório para a compilação em um TCC, sendo assim eu iria pelo caminho de um conjunto de elementos (preferencialmente relacionados) como por exemplo a teoria das cores aplicadas ao cinema, a composição de cenas como enquadramento, posicionamento de personagens, cores e tons etc.

Bom eu espero que tenha te ajudado de alguma forma e desejo que tenha sucesso na construção de seu TCC. Grande abraço.

Izael F
Izael F
18/02/2015 20:07
Reply to  Rafael Costa

Cara, eu realmente agradeço. Seu comentário ajudou bastante na abordagem que pretendo tomar.
Muito obrigado, Rafael. Abraço.

Igor Bassalo
Igor Bassalo
25/03/2014 22:40

Fala Rafael, sou estudante de design e estou fazendo o tcc, como gosto muito de cinema decidi fazer algo relacionado a isso e trabalhar na parte de cenografia. O problema é que estou sentindo dificuldades em descobrir o meu público alvo! Conseguirias me ajudar com relação a isso?

Rafael Costa
Rafael Costa
26/03/2014 12:42
Reply to  Igor Bassalo

Olá Igor, tudo bem?

Cara o cinema é realmente uma área fantástica de se trabalhar, permite uma série de aplicações do design que as vezes nem nos damos conta. Agora com relação a público alvo eu não sei se entendi bem o que você quer saber mas acredito que seu público alvo vai depender de cada projeto, como você pretende trabalhar com cenografia não haverá um público alvo único mas sim um público para cada projeto, que nem sempre pode ser o mesmo.

Quando você projetar um cenário levará em consideração principalmente o storyboard e não necessariamente o público alvo, a definição de público já veio bem antes disso.

Não sei se consegui responder a sua pergunta como você gostaria, se ainda estiver em dúvida pode me enviar mais detalhes de sua pergunta para o e-mail do blog que eu vou procurar te responder de forma mais clara ok?

Obrigado por seu comentário e pode perguntar a vontade que vou procurar te ajudar.

Abraço.

Igor Bassalo
Igor Bassalo
27/03/2014 05:31
Reply to  Rafael Costa

Ja me ajudou bastante!!! Vlw!