Com a facilidade que as gráficas online proporcionaram, é muito comum profissionais de criação se curvarem à comodidade e oferecerem serviços de impressão para seus clientes. Na verdade existem negócios que nascem, se desenvolvem e se mantém oferecendo serviços de impressão terceirizados.

Se você escolher um bom fornecedor, e se garantir com prazos e os problemas de logísticas que eventualmente acontecem (ninguém é perfeito, e nenhum serviço também) você pode explorar isso com louvor e garantir um negócio lucrativo. Porém, gráficas online são famosas por não cumprirem prazos de entrega, baixa garantia de qualidade de impressão, sem falar no velho problema de cores totalmente diferentes do que se esperava.

Outro dia eu recebi um email perguntando o seguinte: como não associar o trabalho péssimo que a gráfica que eu uso faz, com o meu trabalho de design gráfico?

Precisamos entender uma coisa antes de responder: Designer gráfico não imprime.

Este é o grande motivo pelo qual eu nunca ofereci nenhum serviço que não fosse o meu. Eu desenvolvo projetos gráficos para impressão, não entrego o material impresso para o cliente, uma vez que eu não tenho uma gráfica ou equipamentos para isso.

Quando o cliente quer ajuda com a impressão, eu apenas indico quem pode imprimir, e até posso assessorar entrando em contato com a gráfica, pedindo orçamento, etc. Mas o contato final com a gráfica é do cliente. O cliente autoriza o orçamento, ele faz o pagamento. Eu me limito apenas em ajudar com as dúvidas e enviar o arquivo que for preciso para a gráfica.

Se você quiser se livrar desse tipo de saia justa, a melhor maneira de você fazer isso é deixando claro para o seu cliente que não é você quem imprime. Se o seu negócio é oferecer produtos impressos ao seu cliente, procure sempre por fornecedores competentes, e que te garantam qualidade e comprimento de prazos.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here