Produção Gráfica #19 – Cores chapadas vs áreas chapadas

3
257

Durante a nossa jornada pela série Produção gráfica, já aprendemos até aqui conceitos muito importantes, tais como as retículas, a policromia, e o processo de separação de cores. Ao entender estes conceitos, você tem a bagagem para começar a aprender e diferenciar outros um pouco mais complexos, e que estão presentes no dia-a-dia de designers gráficos e outros profissionais criativos.

Não é porque estes conceitos fazem parte do cotidiano que eles são compreendidos na sua totalidade, é o caso da diferença entre cores chapadas e áreas chapadas, termos usados com frequência mas que querem dizer coisas um pouco diferentes.

Você já deve ouvido falar em cores chapadas, talvez seja usuário frequente do termo, que é usado para se referir a áreas em um trabalho gráfico que são preenchidos com cores uniformes, mas então qual seria a diferença entre áreas e cores chapadas? Observe as imagens abaixo.

Cor 1
Cor 1
Cor 2
Cor 2
Cor 3
Cor 3
Cor 4
Cor 4

Do ponto de vista do profissional de design gráfico, e levando em consideração o consenso, todas as cores impressas apresentadas acima são “cores chapadas”, uma vez que todas elas são uniformes.

Áreas chapadas

O termo chapado tem origem no próprio ambiente gráfico, especialmente do processo de impressão offset, cuja matriz é a chapa metálica. Ele se refere, nesta sua origem, a um elemento que será impresso sem qualquer variação de tom – ou seja, por uma única tinta, à traço.

Desta forma, esse elemento é gravado na chapa de maneira uniforme, sem os pontos provenientes das retículas, quando duas ou mais cores são combinadas.

Isso faz com que a área gravada seja semelhante à própria superfície da chapa, lisa, “chapada”. Para os gráficos, o chapado é obrigatoriamente um elemento visual que será impresso nestas condições: à traço, por uma única tinta e, portanto, uma única chapa, sendo esta tinta uma cor de seleção ou uma cor especial.

Para um gráfico, das cores mostradas acima, as únicas que se enquadrariam nestes requisitos são as cores 3 e 4, uma vez que para produzir o Amarelo da Cor 3, seria necessária apenas uma chapa com amarelo 100%, o mesmo vale para a Cor 4, bastando uma chapa com preto em 100%. A aparência das chapas de cada uma delas seria assim:

Como a cor é revelada na chapa
Como a cor Amarelo 100% e Preto 100% é revelada na chapa

Tanto o amarelo (Cor 3) quanto o preto (Cor 4), seriam revelados assim na chapa de impressão. O mesmo vale para as cores especiais, como Pantone, os objetos preenchidos por estas cores são impressos à traço, e não em retículas.

Cores chapadas

Entre os designers o termo chapado é mais amplo. Como o chapado dos gráficos se refere a uma área de cor necessariamente uniforme, os designers utilizam este termo para qualquer cor uniforme que ocupe um espaço expressivo em um layout.

Desta forma, o chapado equivale à ideia de “cor chapada”, seja esta cor impressa por uma cor especial ou por uma cor de escala. Para um gráfico, chamar uma grande área preenchida com o azul da Cor 2 é um erro, já que ela é impressa pela mistura ótica de Ciano, Magenta e Amarelo, o que não significa o mesmo para os designers, já que a cor é uniforme, portanto, chapada.

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here