Aqui está uma linda homenagem às origens, mitologia e simbolismo das frutas e vegetais pelo fotógrafo Maciek Jasik , nascido na Polônia,  e morador de Nova York.

Até muito recentemente, cada fruta e vegetal mantinha sua conexão peculiar com culturas e a vida após a morte. Em algum momento ao longo do caminho, fomos separados dessas origens e só as conhecemos através dos sabores e texturas que eles nos fornecem.

Mark Twain disse que “o pêssego começou como uma amêndoa amarga”, que evoluiu de um poço com uma carne de no mínimo 3.000 anos de domesticação na China, em um símbolo doce e suculento de longa vida e poderes divinos. Os magistrados chineses locais penduravam ramos de madeira de pêssego em suas portas para afastar espíritos malignos.

Vários vegetais, dos mais comuns levaram milhares de anos para serem cultivados. A melancia, por exemplo, era originalmente conhecida por ser macia e, então, enterrada com os faraós como fonte de água na vida após a morte. Já Buda, considerava a romã uma das três frutas mais abençoadas.

Esta série de Maciek Jasik pretende ressussitar essas qualidades místicas e invisíveis das frutas e vegetais que se perderam em meio ao clamor das estatísticas nutricionais.

Ele realiza esses tiros sedutoramente misteriosos, fazendo pequenos buracos dentro de frutas e legumes para transformá-las em bombas de fumaça coloridas e inundar seu interior.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here