Aprendendo lettering #04 – A chave para a criação de novas letras

Nesse artigo vou falar um pouco sobre as formas básicas utilizadas no desenho de uma letra e o que você deve levar em consideração na hora de desenhar a estrutura básica de um conjunto de letras.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Uma coisa que você precisa saber sobre o desenho de letras é que as formas geométricas básicas podem ser encontradas na estrutura das letras. Estou me referindo às três formas geométricas básicas que conhecemos no desenho, que são o quadrado, o círculo e o triângulo.

Essas três formas são as responsáveis pela estrutura básica de todas as leras de um determinado alfabeto. Fica bem mais fácil desenvolver uma letra tendo em mente essa forma de construção.

Ou seja, para criar um conjunto de letras é importante que você observe nelas características em comum, especialmente as suas formas básicas.

Vale lembrar aqui que eu tenho um curso de Lettering Completo na Suíte Criativa e lá eu te ensino muitas outras coisas sobre o desenho de letras, desde o rascunho até a avançada. Dá uma olhadinha lá, tenho certeza que esse curso vai alavancar a sua .

Nesse artigo vou falar um pouco sobre as formas básicas utilizadas no desenho de uma letra e o que você deve levar em consideração na hora de desenhar a estrutura básica de um conjunto de letras.

Isso é extremamente útil no desenho de lettering e é um conhecimento que você precisa dominar para poder criar letras que, além de bonitas, sejam coerentes.

Para começar você precisa visualizar as formas básicas nas letras, então observe por exemplo como a letra “H” maiúscula se assemelha a um quadrado, a letra “O” maiúscula se assemelha a um círculo e a letra “A” maiúscula se assemelha a um triângulo.

As imagens desse artigo vão te ajudar a entender melhor esse conceito, para visualizar melhor você pode ampliá-las simplesmente clicando nelas.

Consegue perceber isso? O mesmo vale para outras letras maiúscula como por exemplo as letras “L”, “T” e “F” que possuem formas mais quadradas, as letras “Q” e “C” com formas mais circulares e as letras “V”, “Y” e “Z” com formas mais triangulares.

Você também precisa compreender que algumas letras compartilham características de dois grupos de formas, por conta disso você precisa combinar essas características para que a letra em questão seja desenhada de maneira correta.

Veja por exemplo o caso da letra “D” maiúscula que possui um traço reto semelhante a uma forma quadrada, mas também possui uma forma circular, sendo assim essa letra teria que se utilizar tanto das linhas retas das formas quadradas, quanto das linhas das formas circulares.

Então antes de decidir qual vai ser a aparência da sua letra “D” maiúscula precisa definir qual será a aparência das letras “H” e “O”. O mesmo vale para a letra “A” maiúscula por exemplo, que vai dar origem aos traços diagonais e servirá de base para as letras “K”, “X”, “V” e “W”.

Atenção com a combinação!

Mesmo que as formas possuam características semelhantes é importante que você tenha em mente que elas não podem simplesmente copiar as formas de outras letras mas sim que precisam passar por ajustes, ou seja, nenhuma linha reta ou uma curva será exatamente igual a outra.

Essas formas básicas devem servir como base para que você consiga mostrar que as suas letras pertencem à mesma família.

E como fica nas letras minúsculas?

Com as letras minúsculas as regras não mudam, ou seja, aqui também teremos letras que irão derivar das formas geométricas básicas que já mencionei, a única diferença é que a partir de agora iremos trabalhar também com ascendentes e descendentes.

Aqui vai uma importante, as letras maiúsculas costumam ter os traços mais grossos do que as minúsculas e isso acontece pelo fato de as maiúsculas possuírem mais espaço branco, então é prudente aumentar um pouco a grossura dos traços para compensar essa diferença.

Concluindo

Desenhar letras é um processo que exige conhecimento da estrutura das letras e por isso temos abordado essa parte nessa sequência de artigos, saber como integrar o desenho dessas formas é algo fundamental em suas como letrista.

Espero que esse artigo tenha sido útil para você e se ficou com alguma dúvida eu quero que compartilhe comigo aí nos comentários.

Hoje vou encerrando por aqui, um grande abraço e até a próxima.

Este artigo faz parte da série “Aprendendo lettering“. Clique aqui para ver todos os artigos publicados.

Comentários

O que você achou deste texto? Use a seção de comentários abaixo para tirar suas dúvidas, sugerir novos conteúdos ou para conversar comigo e a comunidade.

0 0 votes
Deixe sua nota
Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
trackback

[…] falei anteriormente sobre como as formas geométricas são utilizadas na construção das letras e isso pode ter […]