Dica para freelancer – Como ganhar dinheiro através de workshops?

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Quando trabalhamos como freelancer umas das melhores maneiras de potencializar nosso ganho financeiro é investir em diferentes maneiras de rentabilizar nosso trabalho. Existem várias formas de fazer isso porém eu posso citar aqui algumas como por exemplo:

  • Vender uma linha de produtos
  • Vender imagens e vetores para bancos de imagens
  • Vender mockups
  • Dar aulas online
  • Fazer palestras em eventos
  • Ministrar workshops

E é justamente sobre esse último que eu gostaria de falar hoje. Ministrar workshops é algo que venho fazendo já há algum tempo e tenho obtido ótimos resultados, por isso eu vejo o quanto ele pode ser eficiente para um freelancer. Essa é uma opção excelente em termos de experiência, aprendizado e rentabilidade.

Uma grande vantagem de um workshop é que você pode obter um bom ganho financeiro trabalhando apenas 4 ou 6 horas, isso contando apenas o tempo oferecido no ensino, sem contar o tempo de preparação do seu workshop, mesmo assim ainda é um ganho substancial para o tempo de trabalho.

Ministrar workshops pode ser um ótimo “respiro” em momentos em que você não tenha uma grande demanda de clientes que necessitam de projetos e então pode investir um pouco mais em compartilhar aquilo que sabe.

Porém uma das primeiras barreiras que talvez você precisa vencer é achar que não está plenamente capacitado para ministrar um workshop ou que não tem a experiência profissional necessária para poder ensinar algo para uma turma de alunos.

Eu posso falar por experiência própria pois antes de ministrar meu primeiro workshop eu também acreditava que não tinha experiência suficiente no lettering, que era a área que eu pretendia dominar, sendo assim eu acreditava que não podia abrir uma turma e ministrar um workshop.

Eu observava outros profissionais no mercado que tinham já uma certa experiência com lettering e já tinham trabalhado em diversos projetos e isso de certa forma acabava me deixando um pouco intimidado a criar a minha própria oficina de lettering.

No entanto eu acabei recebendo o convite de uma empresa para ministrar um workshop e depois de refletir e me organizar eu acabei aceitando o desafio e o resultado foi excelente.

Bom o que posso lhe dizer com relação a essa barreira é que você não precisa ter muita experiência de mercado ou ser muito reconhecido nas redes sociais para ministrar o seu workshop.

Experiência profissional é ótimo, afinal de contas todos gostamos de aprender algo com um profissional que tenha bastante tempo de estrada e que possa nos ensinar alguns macetes e truques de uma determinada habilidade, porém isso não é tudo e nem o mais importante.

O que você precisa ter é uma habilidade específica que desperte o interesse de aprendizado de um determinado público.

Muito bem agora você já deve estar começando a pensar melhor sobre o assunto e deve estar pensando no que você vai precisar para ganhar com workshop, e é exatamente isso que vou te responder agora.

Para ministrar um workshop você irá precisar basicamente de 5 elementos:

1. Uma habilidade para ensinar

A primeira coisa que você precisa fazer é identificar uma habilidade que você domina e que possa gerar o interesse de um determinado grupo de pessoas. Faça uma auto e identifique quais suas profissionais e avalie qual delas teria esse potencial de ser ensinada em um workshop.

O segredo aqui é procurar ensinar algo específico e não tão genérico, quanto mais específico for o seu conteúdo maiores são suas chances de atrair o interesse do seu público em potencial. Você pode ensinar algo sobre fotografia, sobre , sobre modelagem, sobre artesanato, alguma técnica específica no Photoshop ou outro programa, enfim, as possibilidades são infinitas.

2. Estruturar o seu conteúdo

O segundo passo é colocar a sua ideia de workshop no e isso significa que você precisa montar um índice de tudo o que será abordado no seu workshop.

Anote os temas principais que serão ensinados, os temas secundários, a ordem em que esses temas serão apresentados, quais serão os exercícios práticos, o tempo que você vai levar para ensinar cada ponto, os materiais que serão necessários como apostilas por exemplo, e assim por diante.

É realmente colocar no papel tudo aquilo que você pretende ensinar no seu workshop, uma espécie de resumo.

3. Escolher um espaço físico

O terceiro passo é escolher um local físico em que você possa reunir uma turma e ministrar seu workshop. Procure um local que possa lhe oferecer boas condições para o ensino, uma boa dica é tentar fazer em coworkings pois geralmente eles possuem algum espaço reservado para aulas e palestras.

Talvez seja necessário passar um bom tempo pesquisando pois as vezes pode ser difícil encontrar um local que seja adequado para um workshop mas que também tenha um valor acessível e que lhe permita ter um bom lucro com seu workshop.

4. Um local ou plataforma para inscrição

O quarto passo é definir como as pessoas poderão fazer a inscrição em seu workshop, existem algumas maneiras mais comuns, especialmente os métodos online, no entanto nada impede que você defina um local físico para fazer a venda das inscrições no seu workshop.

Uma boa dica é tentar garantir diferentes métodos de pagamento e procurar facilitar ao máximo a venda das inscrições como por exemplo permitindo o pagamento através de cartão de crédito.

5. Fazer a divulgação

A quinta etapa e uma das mais importantes é fazer uma boa divulgação do seu workshop, aqui vale especialmente utilizar as redes sociais mas não se limite apenas a elas. Procure também divulgar em locais físicos que possam ter pessoas interessadas em seu workshop.

Por exemplo se você for ministrar um workshop de desenho, você pode tentar fazer uma parceria com uma loja de materiais de desenho e deixar lá um cartaz com as informações do seu workshop e até mesmo permitir que as pessoas façam a inscrição lá mesmo.

Lembre-se que uma boa divulgação é essencial para que você consiga encontrar as pessoas interessadas em seu conteúdo e aumentar suas chances de ter sucesso em seu workshop.

Conclusão

Essas são as dicas básicas que eu tinha para te apresentar hoje mas ainda tem muita coisa para falar sobre ministração de workshops, por isso eu quero te pedir que se você deseja saber ainda mais sobre como ministrar um workshop e ganhar dinheiro com isso, vamos combinar o seguinte, comenta com a frase “quero saber mais“, assim eu posso saber que você tem o interesse em aprender de forma mais aprofundada sobre os detalhes de preparar um workshop.

Ainda tem muita coisa que pode ser abordado como por exemplo os tipos de plataformas para inscrição no seu workshop, como definir a sua grade de conteúdo, como divulgar o seu workshop de forma eficiente, como criar uma apostila para os seus alunos e muito mais.

Então você já sabe, comenta com a frase “quero saber mais” que assim eu posso preparar mais vídeos e trazer mais conteúdo relacionado a esse tema, beleza?

Então é isso aí criativo, hoje eu vou ficando por aqui, um grande abraço e até a próxima.

Comentários

O que você achou deste texto? Use a seção de comentários abaixo para tirar suas dúvidas, sugerir novos conteúdos ou para conversar comigo e a comunidade.

0 0 votes
Avaliação deste post
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments