Ser um motion designer especialista vale a pena?

Eu gostaria de abordar nesse artigo as diferenças entre o motion designer generalista e o especialista, mostrando se realmente vale a pena você fazer a transição de um para o outro.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

Apesar de ser bem recente, o mercado de motion design é enorme. Atualmente você consome motion de todos os tipos, 2D, 3D, Frame a frame e também em todos os lugares, na TV, nas redes sociais, no cinema e até mesmo nas telinhas de elevador.

Por um lado isso é ótimo pois mostra que o mercado tem um potencial gigantesco de continuar crescendo mas por outro pode ser um pouco prejudicial pois sabendo da vastidão desse mercado, nós, profissionais da área, tendemos a querer abraçar todo ele de uma vez acreditando que podemos fazer de tudo e ainda por cima, fazer bem feito.

Dito isso, eu gostaria de abordar nesse artigo as diferenças entre um motion designer generalista que é aquele que não atua em um nicho especifico, atendendo demandas variadas, e o especialista que atua dentro de uma área ou até mesmo uma técnica especifica dentro do mercado, mostrando se realmente vale a pena você fazer a transição de um motion generalista para especialista.

Generalista ou Especialista?

É comum a quase todo iniciante da área, ser generalista ou aquele que sabe e quer fazer de tudo um pouco, pois afinal você está conhecendo todas as infinitas subáreas do motion e também as diversas técnicas. Essa parte é muito importante e eu realmente recomendo que você experimente de tudo até encontrar o que você realmente gosta.

Após algum de estudo e vivencia na área é natural que você se interesse mais por algumas coisas do que por outras e é ai onde você começa a entrar no caminho da especialização. Com o crescimento da internet esse vem se tornando cada vez mais rápido, pois agora você possui muito mais conteúdo, exemplos e referencias do que a alguns anos atrás.

Mas você pode estar se perguntando, Ser generalista é errado? ou Eu preciso ser um especialista? E eu já te adianto que não! Conheço vários motions super fodas que são generalistas e funciona muito bem pra eles. Assim como conheço alguns especialistas que ainda não conseguiram fazer o jogo virar. Na real, tudo depende do seu empenho!

Mas então qual a vantagem em ser um especialista?

Ser visto como um especialista muda a forma como as empresas te enxergam, te põe em uma posição de destaque no mercado e agrega mais valor ao seu produto.

Vamos a seguinte situação: Uma indústria de cosméticos está buscando um motion designer para produzir a divulgação do seu novo produto, ela se depara com dois profissionais, um deles é um especialista da área cosmética e tem um portfólio voltado para isso, por consequência ele cobra mais caro que o outro concorrente.

O outro por sinal tem um portfólio bem mais variado e ainda cobra um pouco mais barato. É comum que a gente deduza que o profissional com um portfólio variado, tenha mais experiência ou saiba mais que o outro mas na realidade uma empresa séria sempre vai investir para correr o menor risco, logo a probabilidade de o especialista ser escolhido é muito maior.

Pois ele já sabe como funciona o mercado do cliente, já produziu trabalhos semelhantes e pode até ter trabalhando em alguma peça bem sucedida da concorrência, tornando o relacionamento entre ambas as partes muito mais simples.

Além disso você consegue filtrar melhor o tipo de cliente que você atende, pois bem sabemos que na área de design no geral você pode ter uma cartela imensa de , desde o mercado do seu bairro até uma multinacional e por consequência isso gera uma diferença abissal no budget que os clientes possuem para investir.

Logo, quando você trilha o caminho da especialização, depois de estudar o seu publico alvo e de ter experiência suficiente para escolher seu nicho você consegue extrair cada vez mais investimento dos seus clientes para a produção dos trabalhos.

Então, ao meu ver a escolha de um nicho facilita a sua saída do mercado de base ou o famoso “mercado prostituído“(termo esse que eu acho realmente inapropriado, mas só pra vocês entenderem melhor hehe) pois quando você é procurado por fazer de tudo, as empresas não vão ver como algo positivo pois é uma forma de buscar um trabalho mais barato e até rápido tendo em vista um especialista. E ninguém gosta de ter seu trabalho desvalorizado não é mesmo?

Como encontrar o seu nicho?

Pode ser uma das tarefas mais difíceis, independente do tempo que você tenha na área. Por isso eu recomendo que primeiramente você deve testar um pouco de tudo para  descobrir o que te agrada.  Foque suas energias em aperfeiçoar as suas habilidades como profissional e também de comunicação para conseguir prospectar clientes no nicho que você deseja e por ultimo, pondere o que é rentável para você.

Pois não adianta você se posicionar em um nicho que não tem mercado. Tente basear-se pelos cliente que chegam até você para que consiga apontar o seu posicionamento para o lugar correto.

Não posso deixar de falar que quando você resolve se tornar um especialista isso não significa que você precisa largar todas as outras coisas para trás. O seu nicho vai definir a forma que você se apresenta para seus futuros cliente e nas redes sociais que sem duvidas é a parte crucial do seu negócio.

Mas nada impede que você busque outras áreas e experimente outros nichos ou até mesmo mantenha clientes que demandam outras especialidades de você, desde que você mantenha o foco seu nicho. As pessoas inevitavelmente vão te rotular e jogar em uma caixinha, como por exemplo, “o cara do varejo” ou “o cara do vídeo”, então facilite o trabalho delas e faça isso você mesmo! com a diferença que agora você escolhe onde vão te jogar.

Conclusão

Escute seus clientes, filtre as demandas que você recebe e leve isso em consideração na hora de escolher o seu nicho. Pois o mercado é o seu grande guia. Mantenha seu foco mas não se prive de experimentar novas habilidades e especialidades. Siga a sua paixão, pois sabemos que na área criativa não tem coisa pior que trabalhar em um projeto chato.

Você já trabalha dentro de um nicho? ou é generalista? conta pra gente a sua experiência e me fala o que achou do que foi dito acima, qualquer duvida ou sugestão pode dar um alô que eu vou fazer questão de responder. Por hoje eu vou ficando por aqui, espero te ver na próxima, abraço!

Conteúdo

Comentários

O que você achou deste texto? Use a seção de comentários abaixo para tirar suas dúvidas, sugerir novos conteúdos ou para conversar comigo e a comunidade.

0 0 votes
Avaliação deste post
Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
Newest
Oldest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Alex Gutemberg
Alex Gutemberg
29/10/2020 16:35

Excelente Artigo. Sou formado em Design Gráfico e estou fazendo curso de illustrator do Clube do Design no intuito de reciclagem.

Preciso me especializar e gosto muito da área de Logomarcas, qual dica você daria assim como eu, iniciante?