Técnicas de criatividade para aplicar em seu dia a dia

Neste artigo separei algumas técnicas de criatividade que você pode utilizar para tentar destravar as ideias no momento certo.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin

A criatividade é a capacidade que um indivíduo tem de criar algo. No entanto, a criatividade não se limita apenas a isso, pois as capacidades de inovação, reinvenção e transformação de algo que já foi criado também perpassa por esse conceito. Portanto, é possível ser criativo através da capacidade de dar um novo sentido a algo que já existe.

Diariamente recebemos muitas tarefas e informações e muitas vezes com a mente cansada temos dificuldade para criar algo. Para isso, separei aqui algumas técnicas de criatividade que você pode utilizar para tentar destravar as ideias no momento certo.

Mapa Mental

É uma técnica que tem como objetivo eliminar bloqueios mentais, oferecendo liberdade total às ideias, pois as ordena, organiza e relaciona, sobretudo de forma visual.

A partir de uma situação-problema descrita no centro de uma folha de papel ou programa de mapa mental, trace diversas linhas onde em suas extremidades estarão descritas palavras-chaves relacionadas ao problema.

Essa técnica lhe ajudará a descobrir diversas conexões entre as palavras escritas que talvez você não encontrasse se não tivesse a visão global que o mapa mental lhe proporciona.

Uma ferramenta que indico para a criação de mapas mentais é o Mind Meister. Temos também o aplicativo Simple Mind, assim como outros no mercado que cumprem a mesma função.

Descontinuidade

É uma técnica que propõe uma mudança de hábitos de uma forma forçada para que se possa perceber o mundo de forma diferente, trazendo assim novas perspectivas sobre um mesmo assunto ou problema.

A mudança pode ser em algo simples do seu dia a dia como, por exemplo, o caminho que você percorre ao ir ao trabalho, a rotina diária, a forma usual como lida com um problema etc.

Inversão de Hipóteses

Baseia-se na inversão de ideias, pressupostos, hipóteses básicas com o intuito de encontrar novas visões de um mesmo problema.

Por exemplo: “Como eu posso encontrar clientes para o meu negócio?” versus “Como meus clientes podem achar meu negócio?”. Desta forma, você pode encontrar soluções diferentes ao ver a situação de um ponto de vista invertido.

Técnica dos 6 chapéus

É uma técnica aplicada em equipes que ajuda a focar os esforços e pensamentos em um mesmo aspecto do problema e ao mesmo tempo.

Esta técnica funciona da seguinte maneira: o problema é dividido em 6 aspectos diferentes que são representados por seis chapéus. A equipe escolhe um chapéu (aspecto do problema) e reflete sobre ele de acordo com o ponto de vista do chapéu selecionado.

Geralmente o processo se inicia pelo chapéu branco, a fim de ver os fatos do problema e coletar as informações. Essa dinâmica continua até que a equipe tenha refletido sobre todos os aspectos do problema.

No fim de tudo, o grupo verifica se chegou a um consenso de soluções para o problema. Caso não tenha chegado, pode repetir alguns chapéus para discutir melhor o assunto.


1) Chapéu branco: chapéu dos fatos. Você deve olhar para os fatos e números sem fazer juízos de valor. Apenas colete as informações.

2) Chapéu vermelho: chapéu das emoções. Exponha os sentimentos que envolvem o problema. Tenha uma visão emocional e intuitiva sobre ele.

3) Chapéu preto: chapéu dos julgamentos. Lista todas as críticas possíveis sobre o problema. Tente explicar por que uma ideia anterior não deu certo. Enumere os obstáculos que apareceram pelo caminho.

4) Chapéu verde: chapéu das modificações criativas. Pense em novas e criativas ideias para resolver seu problema. Faça provocações à equipe, sugira mudanças de e/ou abordagem.

5) Chapéu amarelo: chapéu da lógica. Pense de forma lógica e otimista nas razões pelas quais o seu problema tem solução. Enumere os motivos do porquê dará certo e liste as expectativas e vantagens de encontrar as soluções.

6) Chapéu azul: chapéu mediador. Reúna todas as informações obtidas por cada um dos chapéus e organize de forma ponderada todas as informações. Agora você deve mediar e analisar essas informações para que retire o maior proveito possível de cada conclusão.

Desenho

Para um criativo, nada melhor do que desenhar para relaxar, destravar as ideias e liberar suas criações. Quando falo aqui em desenho, são rabiscos, rascunhos, você não precisa ser desenhista ou ilustrador.

Aqui o que importa primeiramente é deixar o seu cérebro passar para o papel tudo o que vier inicialmente na sua mente, não necessariamente sobre o seu problema. Depois você pode começar a desenhar ideias de soluções para o seu problema, caminhos que você imagina que deve seguir, para deixar as ideias fluírem.

Conclusão

Em resumo, existem diversas técnicas para o desbloqueio criativo e para o auxílio do pensamento criativo. Você deve então conhecer essas e outras técnicas para aplicá-las em seu dia a dia sempre que precisar de um auxílio para encontrar soluções criativas para o seu trabalho diário ou para o seu negócio.

Conteúdo relacionado

Comentários

O que você achou deste texto? Use a seção de comentários abaixo para tirar suas dúvidas, sugerir novos conteúdos ou para conversar comigo e a comunidade.

0 0 votes
Deixe sua nota
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments