Conheça 3 Ferramentas Básicas do Design Thinking

Conheça as principais ferramentas usadas pelos empreendedores mais bem sucedidos.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no linkedin
light-bulbs-1125016_1920

No ambiente de inovações tecnológicas, o mercado de trabalho exige soluções para problemas cada vez mais complexos. Mercados que antes eram extremamente “nichados” e pouco relevantes, agora ocupam uma posição de destaque no cenário econômico atual.

Nesse cenário, as ferramentas de se fazem mais do que necessárias, pois são essenciais nos esforços de inovação das empresas. Mas vão além disso. Conhecer o DT e saber utilizar suas ferramentas pode transformar até mesmo sua rotina para resolver problemas do dia a dia. Isso ocorre porque elas desmembram a complexidade dos processos e tornam tudo mais simples de solucionar, pois estão ancoradas no modo de pensar dos designers.

Quando falamos em estamos nos referindo primeiramente à forma como os designers pensam. Eles utilizam um raciocínio pouco convencional no meio empresarial: o pensamento abdutivo. Esse consiste, primeiramente, na formulação de questionamentos através da apreensão ou compreensão de fenômenos, onde a solução é derivada do problema e se encaixa perfeitamente nele.

Design Thinking está se referindo à forma como os designers pensam.

De onde vem o termo “Design Thinking”?

A palavra design carrega um mito de que tem a ver com a parte estética. Na realidade, o termo design veio da inovação e pensamento não padronizado, “fora da caixinha”. Dentre os problemas, podem haver assuntos que flertam com o visual, mas não é só isso que tem a ver com design. Enxergar como problema tudo aquilo que prejudica a experiência emocional, cognitiva e visual é pensar de maneira sistêmica para projetar soluções. Vamos ao tópico:

Quais são essas ferramentas?

1. Brainstorm

A Tempestade de Ideias, ou “brainstorm”, tem como objetivo estimular a geração de novas ideias e a busca por soluções realmente inovadoras, explorando a criatividade dos colaboradores. Após identificar o problema, o grupo (no máximo 10 pessoas + um mediador) precisa debater quais seriam as melhores formas de solucionar esse problema até chegar em um consenso.

2. Mapa de Empatia

A empatia é uma das bases do Design Thinking, tendo em vista que essa é uma focada na experiência do usuário. Portanto, nada mais justo do que saber se colocar no lugar do outro para compreender melhor quais são as suas necessidades. Nesse sentido, a criação de um Mapa de Empatia acaba sendo uma ferramenta bastante útil para sintetizar e organizar as informações sobre o cliente, gerando um melhor entendimento e uma melhor comunicação.

3. Mapa Mental

Essa ferramenta é muito útil para organizar e estimular novas ideias, possibilitando uma visualização mais clara e concreta sobre todo o processo criativo. Os Mapas Mentais partem de uma ideia central que depois se ramifica em ideias secundárias, terciárias etc. ajudando a gerar insights valiosos.

Desenvolvimento do mercado

Setores que envolvem tecnologia, seja através da produção de bens de consumo ou através da prestação de serviço, apresentaram números consideravelmente altos, sobretudo após o início das de isolamento social.

Um exemplo disso é o mercado de jogos online, principalmente as apostas esportivas, que morderam uma fatia considerável do mercado, atraindo cada vez mais investimentos e com a presença massiva de empresas estrangeiras de grande porte (como a NetBet, por exemplo).

Esse engajamento normalmente só é possível com um bom projeto que engloba os termos tratados aqui. Não vivemos mais em uma era onde só vemos o que está ao “nosso alcance” (em um bairro, por exemplo), pois podemos consumir qualquer informação a qualquer momento, do mundo todo, disponível na internet. As necessidades hoje são outras e uma das principais soluções para conseguir atenção em meio a tudo isto está no Design Thinking.

Conteúdo relacionado

Comentários

O que você achou deste texto? Use a seção de comentários abaixo para tirar suas dúvidas, sugerir novos conteúdos ou para conversar comigo e a comunidade.

0 0 votes
Deixe sua nota
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments