fbpx
Clube do Design ‚Äļ Ferramentas ‚Äļ Equipamentos ‚Äļ Mesa Digitalizadora: O guia definitivo

Mesa Digitalizadora: O guia definitivo

Aprenda o que é mesa digitalizadora, principais recursos e como escolher o modelo ideal para design gráfico, desenho, ilustração, modelagem 3d e outros.
Participe da minha lista, entre para o grupo do Telegram e receba conte√ļdos exclusivos.

A mesa digitalizadora, também conhecida como mesa gráfica ou tablet gráfico, é amplamente utilizada por profissionais criativos como designers gráficos, animadores, desenhistas, ilustradores, artistas 3D, designers de moda e interiores, entre outros.

O que é mesa digitalizadora?

Designer usando uma mesa digitalizadora.
Mesa digitalizadora conectada a um notebook através de bluetooth

Mesa digitalizadora √© um dispositivo port√°til, geralmente usado conectado a um computador, que serve essencialmente para substituir as fun√ß√Ķes do mouse por a√ß√Ķes que podem ser executadas com uma caneta.

Podem ser encontradas em diferentes tipos, tamanhos, com fun√ß√Ķes e recursos de conectividade variados.

Apesar da maioria das mesas digitalizadoras depender de um computador para funcionar, existem modelos robustos com vídeo e até mesmo processador integrado, permitindo o uso de forma independente, sem a necessidade de computador.

Mostrando como uma mesa digitalizadora funciona conectada a um computador.
Mesa digitalizadora conectada a um computador

A maioria das mesas digitalizadoras t√™m o formato de um tablet, uma pequena prancheta de pl√°stico, borracha e componentes eletr√īnicos, que recebe a informa√ß√£o do usu√°rio atrav√©s de desenhos feitos com uma caneta, e transfere esta informa√ß√£o para o computador.

Podem possuir bot√Ķes que t√™m diferentes fun√ß√Ķes, ativam ferramentas ou acionam atalhos de teclado durante o uso de softwares criativos de desenho e edi√ß√£o.

Como funciona a mesa digitalizadora?

O funcionamento básico da mesa digitalizadora consiste em conectá-la ao computador através de um cabo USB ou bluetooth e, com a caneta, executar movimentos e toques sobre ela, para comandos que normalmente seriam realizados com o mouse.

Conectando um cabo USB da mesa digitalizadora ao computador.
Conectando mesa digitalizadora no computador

O cabo USB, al√©m de transferir as informa√ß√Ķes da mesa para o computador, funciona como fonte de energia para a mesa, que n√£o precisa de tomada el√©trica para funcionar.

Se a conexão for por bluethooth, a mesa deve possuir uma bateria que a manterá funcionando por um período de tempo, até ser necessário conecta-la à uma porta USB para recarregar.

A mesa digitalizadora possui sensores que detectam a posição da caneta que pode ser movimentada sobre a mesa sem tocá-la. Isso fará com que o cursor do mouse se mova na tela do seu computador.

Movendo a ponta da caneta sem tocar na mesa digitalizadora.
Basta aproximar a caneta da mesa e o movimento do mouse j√° ser√° executado

A caneta, também conhecida como Stylus, não precisa tocar na superfície da mesa para mover o cursor do mouse, basta que a ponta esteja próxima da superfície para que o equipamento reconheça a sua posição e mova o cursor na tela.

A posi√ß√£o da caneta sobre a √°rea √ļtil da mesa √© relativa a posi√ß√£o do cursor do mouse na tela do computador.

Posicionando a caneta em diferentes locais da √°rea √ļtil de desenho da mesa digitalizadora.
A posi√ß√£o da caneta sobre a √°rea √ļtil de desenho da mesa √© relativa a mesma posi√ß√£o na tela

Ao tocar com a ponta da caneta sobre a tela, a ação de clique com o botão esquerdo do mouse é executada.

Fazendo um desenho espiral sobre a mesa digitalizadora.
Ao tocar com a ponta da caneta a ação de clique com o botão esquerdo do mouse é executada

O toque da ponta da caneta sobre a mesa só acontece quando o usuário deseja clicar, arrastar ou executar uma ação direta com o cursor do mouse ou qualquer ferramenta que esteja usando dentro de algum software.

A mesa digitalizadora reconhece apenas o toque da ponta da caneta, isso quer dizer que você pode apoiar ou arrastar as costas das mãos sobre ela sem que isso execute comandos involuntários.

Apoiando as m√£os sobre a mesa digitalizadora.
Você pode apoiar as mãos sobre a mesa para fazer os gestos com a caneta sem problemas

Alguns modelos possuem recurso toque (touch screen), que permite executar comandos com as pontas dos dedos, como os que fazemos no smartphone.

Usando o recurso de toque com os dedos sobre a mesa digitalizadora.
Alguns modelos de mesa digitalizadora possuem recursos de toque com as pontas dos dedos

Quando tocar com a caneta sobre a mesa digitalizadora?

Ao tocar com a ponta da caneta sobre a superfície da mesa digitalizadora, você executa o mesmo comando do botão esquerdo do mouse. Se você der apenas um toque, seleciona um objeto ou ativa uma ferramenta ou recurso com o cursor. Ao tocar com a ponta da caneta rapidamente duas vezes, é o mesmo que dar dois cliques com o mouse.

Tocando com a ponta da caneta sobre a mesa digitalizadora.
Cada toque com a ponta da caneta significa um clique com o bot√£o esquerdo do mouse

Da mesma maneira, se você tocar com a ponta da caneta sobre a superfície da mesa digitalizadora e arrastar para alguma direção, terá exatamente o resultado de clicar e arrastar com o mouse.

Arrastando objetos usando tocar e arrastar com a caneta.
Ao tocar e arrastar com a caneta, você tem o mesmo efeito de clicar e arrastar com o mouse

Quais os tipos de mesa digitalizadora disponíveis no mercado?

Existem diversos modelos de mesas digitalizadoras, quanto mais recursos, acess√≥rios e fun√ß√Ķes, mais caras tendem a ser.

Assim também são as diversas marcas disponíveis no mercado, vejamos algumas das mais conhecidas:

  1. Wacom: é uma das marcas mais conhecidas e respeitadas no mercado de mesas digitalizadoras e oferece uma ampla gama de mesas digitalizadoras para usuários de todos os níveis, desde iniciantes até profissionais.
  2. Huion: √© uma marca de mesas digitalizadoras conhecida por seus pre√ßos acess√≠veis e recursos avan√ßados, oferecendo uma ampla gama de op√ß√Ķes para usu√°rios de todos os n√≠veis.
  3. XP-Pen: √© uma marca de mesas digitalizadoras que oferece uma ampla gama de op√ß√Ķes para usu√°rios de todos os n√≠veis, desde iniciantes at√© profissionais.
  4. GAOMON: √© uma marca de mesas digitalizadoras conhecida por seus pre√ßos acess√≠veis e recursos avan√ßados, oferecendo op√ß√Ķes para usu√°rios de todos os n√≠veis.
  5. Parblo: √© uma marca de mesas digitalizadoras que oferece op√ß√Ķes para usu√°rios de todos os n√≠veis, desde iniciantes at√© profissionais.
  6. Artsul: Esteve presente no Brasil por um curto período de tempo mas ainda é possível importá-las, tem preço bem acessível e equipamentos de excelente qualidade.

Existem muitas outras fabricantes de mesas digitalizadoras no mercado, se você conhece outras e gostaria de indicar, use a seção de comentários abaixo.

Com relação aos diversos tipos de mesas digitalizadoras, tentarei classificá-las com base nos recursos mais comuns em cada categoria.

Isso não significa que é uma lista final de recursos, como a tecnologia muda constantemente, este texto pode ficar obsoleto com o tempo (cuidarei para mantê-lo sempre atualizado)

Mesas digitalizadoras (prancha)

Desenhando v√°rias linhas com a caneta sobre a mesa digitalizadora.
Mesa digitalizadora comum do tipo prancha

S√£o o tipo mais usado de mesas digitalizadoras porque s√£o baratas, leves e podem ser encontradas de diversos tamanhos.

  • S√£o pensadas para serem port√°teis, mesmo as mesas maiores podem ser facilmente transportadas em mochilas e bolsas;
  • Possuem uma √°rea √ļtil dentro da prancheta, ou seja, voc√™ n√£o usa a mesa inteira para desenhar, mas uma pequena √°rea demarcada;
  • Podem ser conectadas com cabo USB ou bluethoot, dependendo do tamanho e modelo, o que influencia no pre√ßo;
  • Voc√™ precisa de um computador para us√°-la, j√° que a mesa funciona apenas como uma interface entre voc√™ e o computador;
  • Voc√™ desenha sobre a mesa, mas deve olhar para a tela do computador para ver o resultado do que est√° fazendo.

Monitores interativos (mesas com tela)

Desenhando sobre um monitor interativo.
Monitor interativo port√°til

Este tipo de mesa é um pouco mais robusto e tem se tornado mais popular por causa da sua principal vantagem: você pode desenhar diretamente sobre a tela.

Isso permite traços mais precisos e maior comodidade ao desenhar, entretanto, podem não ser tão portáteis quanto os modelos mais simples, já que, dependendo do tamanho, exigem um suporte para serem apoiadas.

  • Exigem que voc√™ conecte em um computador pois exibem as imagens a partir dele;
  • Precisam de conex√£o de v√≠deo por cabo (HDMI, Display Port, etc) n√£o tendo op√ß√Ķes sem fio.
  • Existem modelos leves que podem ser apoiados no colo e outros maiores e mais pesados que v√™m com um suporte de apoio para mesa
  • Tendem a ser mais caras que as mesas digitalizadoras comuns, mas existem alguns modelos bem acess√≠veis.

Abaixo você pode acompanhar um vídeo de apresentação do modelo Cintq PRO da Wacom, é um modelo mais robusto que é usado geralmente sobre uma mesa.

Computadores com caneta

Desenhando sobre um computador com caneta.
Computador com caneta Wacom Mobile Studio PRO

Este tipo de mesa é muito mais caro já que vem embarcada com processador, memória e HD. São basicamente computadores que possuem a tecnologia de tela aprimorada para o uso com a caneta, isso permite que você tenha um equipamento tudo em um, não sendo necessário um computador conectado.

Não confunda este tipo de equipamento com computadores comuns com tela touch. Este tipo de mesa digitalizadora é planejado para ter resposta rápida e uso otimizado com caneta para um ótimo desempenho para profissionais criativos.

  • S√£o muito vers√°teis pois podem rodar o mesmo sistema operacional do seu computador;
  • Port√°teis, voc√™ pode carregar em uma bolsa e trabalhar de qualquer lugar;
  • N√£o tem necessidade de cabos, fios ou conex√£o com um computador;
  • Podem at√© mesmo serem conectadas a um segundo monitor para expandir ainda mais a produtividade.

Veja um vídeo de demonstração da Wacom Mobile Studio:

Quais recursos você encontra em uma mesa digitalizadora?

Independente do tipo de mesa, existem recursos que são encontrados entre todas as categorias e influenciam no preço final do equipamento, mesmo para as mesas do tipo mais simples (prancha).

Estes recursos estão diretamente relacionados à sua produtividade ao usar a mesa digitalizadora, já que o principal objetivo da mesa é imitar o desenho à mão livre, que você faria com um lápis, caneta ou pincel.

Por isso, alguns recursos podem ser importantes, como inclinação da caneta, maiores níveis de pressão, entre outros. Escolher a mesa com base nos recursos disponíveis pode te ajudar a ter um equipamento robusto e que atenda as suas necessidades criativas.

Tamanho

O tamanho da mesa pode variar bastante entre os modelos, de modo geral, as mesas menores tendem a ser mais port√°teis e permitem maior mobilidade, mas este n√£o deve ser o √ļnico fator de decis√£o quando voc√™ for escolher um equipamento para trabalhar.

Quanto menor a mesa, menor ser√° a √°rea √ļtil de desenho, o que implica em movimentos menos precisos quando voc√™ estiver trabalhando. Isso quer dizer que mover a caneta 1mm sobre a mesa, pode representar um movimento muito grande na tela do computador.

Mesas maiores s√£o mais precisas pois voc√™ tem uma √°rea √ļtil relativamente maior, isso implica em movimentos maiores para percorrer um espa√ßo menor na tela do computador se comparado √†s mesas de tamanho pequeno.

Diferentes tamanhos de mesas digitalizadoras.
Comparativo de tamanho entre mesas digitalizadoras distintas

Isso também vale para as mesas que você desenha direto na tela. Entretanto, leve em consideração que, em ambos os casos, você pode usar o zoom de aplicativos de desenho ou edição, isso ajuda a ter um controle maior de precisão em detalhes pequenos durante um trabalho.

Bot√Ķes

A maioria das mesas digitalizadoras possuem bot√Ķes que podem ser personalizados. Podem estar posicionados nas laterais ou acima da √°rea √ļtil da mesa, em alguns modelos podem at√© mesmo ficar na parte de tr√°s, na posi√ß√£o de apoio das m√£os.

Modelo de mesa digitalizadora da XP-Pen.
O modelo Deco 01 V2 Android da XP Pen tem bot√Ķes na lateral da √°rea de desenho

Os bot√Ķes funcionam como atalhos que permitem acessar uma ferramenta ou recurso mais rapidamente, podendo ser configurados atrav√©s do software que acompanha a mesa digitalizadora.

Ao editar uma imagem no Photoshop, por exemplo, você pode configurar um botão para ativar a ferramenta Pincel, outro para a Borracha e até mesmo atalhos de teclado como Desfazer (Ctrl+Z) e Refazer (Ctrl+Alt+Z).

Alguns modelos possuem um bot√£o girat√≥rio (dial), que permite modificar o tamanho de pinc√©is, aumentar ou diminuir zoom, avan√ßar ou voltar a reprodu√ß√£o de um v√≠deo ou desfazer/refazer v√°rias a√ß√Ķes rapidamente.

Botão dial giratório da mesa digitalizadora.
Dial da mesa digitalizadora XP-Pen Star 06 Wireless

Mesas mais robustas trazem interfaces inteiras dedicadas as fun√ß√Ķes do bot√£o girat√≥rio. No v√≠deo abaixo, a Huion deu um destaque especial para as fun√ß√Ķes do dial dispon√≠veis no modelo Inspiroy Dial Q620M.

Sensibilidade ao toque

Os modelos mais comuns funcionam apenas com o toque da ponta da caneta sobre a superfície, entretanto, existem mesas que possuem sensibilidade ao toque das mãos.

Tanto as mesas do tipo prancha quanto as telas interativas e computadores com tela podem possuir este recurso. Geralmente possuem um bot√£o de atalho para ativar ou desativar o toque, evitando movimentos involunt√°rios.

Com o recurso, voc√™ pode combinar movimentos da caneta com a√ß√Ķes usando as pontas dos dedos, aproximar ou afastar o zoom atrav√©s do movimento de pin√ßa, desfazer a√ß√Ķes tocando com dois ou mais dedos na tela e assim por diante, algo muito semelhante ao que encontramos em tablets, como o iPad.

Usando a função de toque do monitor interativo.
O recurso de toque geralmente pode ser habilitado e desabilitado para evitar gestos acidentais

Inclinação

Mesas mais modernas podem possuir recursos que permitem usar a inclinação da tela para criar efeitos artísticos.

Inclinando a mesa digitalizadora para fazer a tinta escorrer pelo desenho.
A inclinação permite gerar efeitos criativos com tinta

Este recurso pode parecer incrível, mas não se engane, você dificilmente precisa disso, a menos que seja um profissional muito específico que precisa criar trabalhos bem específicos. Os recursos mais básicos atendem a maioria dos artistas, sendo o diferencial mais importante os recursos que acompanham a caneta.

Recursos da caneta

A principal ferramenta que você vai usar para interagir com a mesa é a caneta (também conhecida como stylus). Ela possui diferentes formatos, tamanhos e recursos que vão te auxiliar durante o trabalho com a mesa digitalizadora.

Modelo de mesa digitalizadora da Wacom.
Wacom Intuos PRO e sua caneta poderosa

Bot√Ķes

A maioria das canetas possui dois bot√Ķes no corpo que permitem usar os bot√Ķes do mouse, como o bot√£o direito (geralmente o bot√£o de cima na caneta) ou clicar e segurar com o bot√£o esquerdo (geralmente o bot√£o de baixo na caneta).

Bot√£o da caneta sendo pressionado.

Pontas

Como as pontas da caneta desgastam com o tempo, é comum virem diversas pontas na caixa do produto, que podem ser trocadas facilmente puxando e colocando outra no lugar.

Diferentes pontas da caneta.

As pontas da caneta também podem ser um recurso à parte, com tamanho, largura e até aspereza distintos para criar diferentes experiências de desenho.

No vídeo a seguir você pode ver a demonstração das canetas que acompanham o modelo Deco 01 V2 da XP-Pen:

Níveis de pressão

Todas as mesas digitalizadoras modernas possuem níveis de sensibilidade da pressão da caneta, isso quer dizer que elas podem desenhar traços mais finos ou mais grossos dependendo da força que você aplica com a caneta sobre a mesa.

A quantidade de níveis de pressão é um recurso geralmente destacado na publicidade das mesas, pois quanto maiores forem o níveis de pressão, mais sensíveis e mais precisos serão os traçados.

Fazendo traços com diferentes espessuras usando níveis de pressão da caneta.
Traços mais grossos ou mais finos com base na pressão da caneta sobre a tela

Inclinação e rotação

Um dos recursos mais requisitados por designers e ilustradores atualmente é a sensibilidade à inclinação e rotação da caneta, que expande ainda mais as possibilidades criativas com as mesas digitalizadoras.

Inclinando a caneta com recurso de reconhecimento de inclinação.
Recurso que reconhece a rota√ß√£o e o √Ęngulo de inclina√ß√£o da caneta

A inclinação da caneta permite simular o desenho com o lápis deitado, ou mudar a inclinação das cerdas de um pincel em aplicativos como o Photoshop.

Borracha (ponta inversa da caneta)

As canetas mais robustas oferecem o recurso de borracha, que pode ser acionado virando a caneta ao contrario. Este tipo de recurso não depende apenas da caneta, mas a mesa digitalizadora precisa ser compatível e oferecer suporte as diferentes formas de usar a caneta.

Usando ponta inversa da caneta para apagar o desenho.

O recurso não se limita a apagar um desenho, na verdade, também pode ser usado para desenhar, borrar ou usar outra ferramenta de sua preferência.

Pintando com a ponta inversa caneta sobre o monitor interativo.

Conectividade

Mesas do tipo prancha

Mesa digitalizadora conectada a um notebook usando um cabo USB.
Mesa digitalizadora conectada por cabo

Por ultimo mas n√£o menos importante est√° a conectividade. A maioria das mesas digitalizadoras exige uma conex√£o por cabo USB que pode ser do tipo Mini USB, Micro USB ou USB-C.

O cabo √© respons√°vel por enviar as informa√ß√Ķes da mesa para o computador e tamb√©m pelo fornecimento de energia, j√° que ela n√£o precisa de uma tomada el√©trica para funcionar.

As mesas do tipo prancha podem ter conexão bluetooth, dispensando o uso do cabo que, neste caso, servirá apenas para recarregar a bateria após um longo período de uso.

Mesa digitalizadora conectada a um notebook por conex√£o bluetooth.
O modelo Deco MW Bluetooth da XP-Pen é um exemplo de mesa digitalizadora com conexão bluetooth

Mesas com tela interativa

O mesmo n√£o pode ser dito das mesas com tela interativa, que necessitam obrigatoriamente de um cabo HDMI ou Mini-HDMI para receber a imagem do computador.

Sem mencionar que o seu computador precisa de uma saída de vídeo compatível, caso contrário, como você enviará a imagem diretamente para a mesa?

Além do cabo de video, você também precisa conectar um cabo USB para que a mesa receba a energia elétrica para funcionar e envie os comandos ao computador, logo, serão dois cabos conectados o tempo inteiro para o equipamento funcionar.

Mesas mais modernas podem ter uma √ļnica interface USB-C, tanto para video quanto para fornecimento de energia.

Veja a seguir um video de exemplo com a configura√ß√£o de conex√Ķes de uma mesa digitalizadora com tela interativa modelo One By Wacom:

Apesar de trazer a comodidade de poder desenhar sobre a tela, a quantidade de conex√Ķes via cabo pode ser um incomodo. Se o seu objetivo √© ter portabilidade, pense bem antes de escolher este modelo.

Computadores como caneta

Quando nos referimos aos computadores com caneta, o funcionamento é muito semelhante ao de um notebook. Estes equipamentos podem usar a bateria interna por um tempo, permitindo serem portáteis e, quando necessário recarregar a bateria, podem ser conectados a uma tomada de energia.

Usar powerbanks (baterias portáteis) pode ser uma ótima alternativa para aumentar o tempo de uso longe das tomadas.

Como se trata de um computador tudo-em-um, você encontra modelos com entradas USB, leitor de cartão de memória e uma saída de vídeo para conexão com um segundo monitor.

O exemplo mais claro disso √© o Mobile Studio da Wacom, que possui configura√ß√Ķes que incluem processador Intel Core i7, SSD de 512GB, 16GB de mem√≥ria RAM DDR 3, placa de v√≠deo dedicada NVIDIA Quadro M1000M com 4GB de mem√≥ria RAM DDR 5 e conta com c√Ęmera 3D integrada para voc√™ digitalizar os seus rascunhos ou objetos com profundidade tridimensional.

Estes equipamentos estão preparados para receber teclado e mouse com ou sem fio, além de vários acessórios que podem ser ligados diretamente a ele, como uma impressora, por exemplo.

Abaixo voc√™ confere um v√≠deo com as principais fun√ß√Ķes do modelo Mobile Studio da Wacom:

Qual o melhor modelo de mesa digitalizadora, qual escolher?

Depois de conhecer todos os recursos dispon√≠veis neste tipo de equipamento, sua principal d√ļvida deve ser “qual modelo √© o ideal de acordo com o seu tipo de trabalho”, certo?

N√£o d√° pra dizer qual √© o “melhor modelo” sem avaliar suas reais necessidades, cada equipamento tem uma s√©rie de recursos e ferramentas que podem ser √ļteis para profissionais espec√≠ficos, e serem in√ļteis para outros.

A maioria das pessoas que trabalha com design gr√°fico nunca vai precisar de uma mesa digitalizadora.

Se você nunca teve uma mesa digitalizadora e não faz ideia de como ela vai se encaixar no seu fluxo de trabalho, eu recomendo começar com um modelo básico primeiro, focado em portabilidade e praticidade.

Assim você poderá se adaptar ao equipamento e poderá escolher um mais robusto com mais segurança, se a troca for realmente necessária.

Isso vai te ajudar a economizar dinheiro caso perceba que a mesa digitalizadora n√£o √© t√£o √ļtil no seu fluxo de trabalho.

Ter uma mesa digitalizadora pode parecer uma ideia empolgante, mas usar uma caneta não é a solução para a maioria dos problemas de criatividade ou produtividade se você é um profissional criativo.

A maior parte dos recursos da mesa digitalizadora √© √ļtil para profissionais que passam efetivamente muito tempo retocando ou editando imagens, modelando em 3D ou desenhando.

Quando digo “muito tempo”, n√£o √© como editar uma foto aqui e outra ali para colocar em um cartaz, estou falando de horas e mais horas dedicadas em um √ļnico projeto de edi√ß√£o de imagem, principalmente editores que trabalham com mattepaint para publicidade, por exemplo.

Se voc√™ cria cart√Ķes de visita ou panfletos, pode n√£o ser t√£o √ļtil quanto voc√™ imagina, nestes casos usar o teclado e o mouse √© muito mais pr√°tico e √°gil, dada a necessidade de criar formas e mistur√°-las com texto digitando no teclado.

Vou tentar descrever os melhores usos com base nas atividades que mais me perguntam sobre o uso de mesa digitalizadora, voc√™ pode tirar suas pr√≥prias conclus√Ķes com o tempo, mas pra isso √© importante testar o equipamento, poupando um investimento pesado que depois pode ser in√ļtil.

Qual a melhor mesa digitalizadora para designer gr√°fico?

Mesa digitalizadora conectada a um computador.

Eu sou um designer generalista, isso quer dizer que eu crio todo tipo de projeto gráfico, hoje, principalmente para o setor corporativo. Isso envolve muito texto e formas geométricas.

Meu processo de edição de imagens é simples, com retoques e alguns ajustes de cor, apesar de ter uma mesa digitalizadora no trabalho, raramente compensa conectá-la ao computador para a edição. Usar o mouse e o teclado resolve muito rapidamente o que eu preciso fazer.

O modelo do tipo prancha de tamanho pequeno é o ideal, pois é simples, fácil de conectar ao computador e está sempre à mão para integrar o fluxo de trabalho sem eu precisar mudar tudo o que tenho em cima da mesa.

Em casa tamb√©m tenho uma prancheta pequena, al√©m de um monitor interativo que ganhei para fazer um review. Voc√™ pode v√™-las em minhas lives onde tento aprender a desenhar. Mas eu literalmente s√≥ uso quando estou produzindo conte√ļdo sobre isso.

Qual a melhor mesa digitalizadora para desenho e ilustração?

Ilustradora desenhando com uma mesa digitalizadora conectada a um notebook.

Para este tipo de atividade você pode literalmente usar qualquer um dos modelos apresentados. O que vai fazer diferença é o tipo de recurso extra que você gostaria de ter e quanto está disposta(o) a gastar.

Os monitores interativos e computadores com caneta são mais práticos e entregam resultados muito mais eficientes, mas você precisa ter uma grana extra para conseguir bancar.

Isso porque para ilustradores e desenhistas, ter precisão é muito mais importante para criar traços com mais firmeza, acabamentos de luz e sombra além de facilidade para se mover pelo desenho na tela.

Canetas com mais recursos, mesas maiores, tudo isso vai potencializar os resultados.

Agora se você está pensando em começar, aprender a desenhar, vá devagar, se não puder comprar um monitor interativo, vá mesmo para uma mesa do tipo prancha e dê os primeiros passos antes de gastar mais.

Qual a melhor mesa digitalizadora para quem trabalha com 3D?

Artista 3D modelando em um monitor interativo.

Convenhamos, apesar de ser possível modelar em 3D usando mouse e teclado, não vai ser fácil atingir bons resultados dependendo do tipo de projeto que você constrói, principalmente se trabalha com aplicativos como o ZBrush, onde modela como faria com massa ou argila.

Projetos arquitet√īnicos, desenhos baseados em CAD, para este tipo de trabalho a mesa digitalizadora √© dispens√°vel e √†s vezes at√© in√ļtil, mas se voc√™ precisa criar personagens para um jogo, a hist√≥ria √© outra.

Monitores interativos s√£o uma excelente alternativa, j√° que computadores usados para modelagem 3D s√£o muito mais robustos do que um computador com caneta.

Para este tipo de trabalho, o equipamento precisa suportar grandes cargas de processamento, principalmente na hora do render, então um monitor interativo seria uma extensão da máquina que você já usa para o trabalho pesado.

As mesas do tipo prancha tamb√©m podem ser √ļteis se voc√™ n√£o se importa com o formato de desenhar sobre ela enquanto olha para a tela, al√©m de serem uma alternativa mais barata se voc√™ quer um tamanho maior com uma √°rea √ļtil de desenho mais generosa.

Qual a melhor mesa digitalizadora para arquitetos, professores, engenheiros e tudo mais?

Designer usando uma mesa digitalizadora conectada a um notebook por bluetooth.

Voc√™ j√° percebeu que conhecer os recursos da mesa digitalizadora √© muito mais importante do que simplesmente chegar na loja e perguntar “qual a melhor mesa para escrever na sala de aula?”.

Por isso, tudo o que escrevi até aqui serve justamente para te ajudar a escolher o melhor equipamento de acordo com os seus objetivos e necessidades.

Ao procurar no site das marcas que mencionei anteriormente, voc√™ ser√° capaz de identificar os recursos importantes do equipamento e como eles podem ser √ļteis pra voc√™.

Você não precisa se preocupar em comprar o modelo ideal de mesa digitalizadora se ainda não teve a chance de conhecê-lo.

No final das contas, se voc√™ est√° em d√ļvida de qual mesa comprar, a escolha mais segura √© um modelo simples, do tipo prancha, de tamanho pequeno. S√£o os modelos mais baratos.

Onde aprender a usar uma mesa digitalizadora?

Se você trabalha com design gráfico e não tem ideia de como empregar uma mesa digitalizadora no seu fluxo de trabalho, eu tenho um módulo de desenho e ilustração no meu curso de Illustrator.

Nele voc√™ vai aprender a criar logotipos, √≠cones e ilustra√ß√Ķes b√°sicas de personagens usando mesas digitalizadoras dentro da interface do Illustrator.

Você aprenderá como criar pincéis que reagem a pressão da caneta para criar efeitos criativos interessantes e um trabalho mais atraente.

Neste link você pode saber mais e se matricular se tiver interesse.

Espero que este texto tenha te ajudado a aprender mais sobre mesas digitalizadoras. Se voc√™ tiver alguma d√ļvida, use a se√ß√£o de coment√°rios aqui em baixo.

Até logo!

Referências

Este artigo usou imagens extraídas de vídeos sobre mesa digitalizadora no Youtube.

Leia também:
Subscribe
Notify of
guest

0 Coment√°rios
Inline Feedbacks
View all comments