Aprenda design de graça.

Tipografia básica #2 – Estilos tipográficos

Aprenda sobre os estilos de tipos e como famílias tipográficas inteiras podem variar seu formato através deles.

Conheça os meus cursos online.

Neste texto vamos aprender um pouco sobre os estilos tipográficos. Romano, negrito, itálico, condensado entre outros termos já podem ser comuns no seu vocabulário, então vamos tentar entender mais sobre o que cada um destes significa, e como isto afeta a aparência do texto.

Os estilos tipográficos

Acredito que o seu primeiro contato com estilos tipográficos tenha sido em algum aplicativo de edição de textos, como o Word, e de cara já soube que negrito e itálico podem ser muito úteis para dar ênfase e destacar alguma informação em um documento de texto.

Uma família tipográfica possui variações de estilos de caracteres que podem ser aplicados ao que chamamos de “tipo romano básico”.

O romano é o corte básico e o estilo tipográfico em que a maior parte do corpo do texto será composto.

Termos comuns da tipografia – Design On

Você pode entender como “corte”, a moldura, a forma padrão que serve como referência para a construção dos tipos básicos de uma família tipográfica, e então, a partir daí, podemos identificar com base em mudanças nas características dos tipos, os estilos.

Vou ilustrar abaixo estas variações de estilos, que dão ao designer a flexibilidade para definir variação e ênfase, como achar necessário, e quando achar conveniente, para produzir um design mais interessante e útil sem deixar de preservar as características chave do tipo.

Você já fazia isso quando colocava os títulos do seu documento em destaque e com o texto em tamanho maior em um trabalho do colégio.

Estilo tipográfico romano.
Tipo Romano

O Romano tem como origem inscrições encontradas em monumentos romanos. Algumas famílias também têm uma versão um pouco mais leve, chamada de Book (livro).

Estilo tipográfico Itálico.
Itálico

O estilo Itálico é a versão do corte romano que se inclina para a direita. A maioria dos tipos tem uma versão itálica, embora exista uma certa confusão.

O itálico apresenta variações de estilo que modificam levemente a forma do tipo (ele é desenhado para ser inclinado), diferente do Oblíquo, que corresponde em um “itálico falso”, apenas inclinando o desenho romano, sem mudança no estilo (veremos mais à frente).

Estilo tipográfico Condensado.
Condensado

O Condensado é uma versão mais estreita do corte romano. Tal como o itálico, não deve-se apenas considerar que o tipo foi “achatado”, existem mudanças de kerning e traking que garantem ao estilo visibilidade e melhor aparência.

Estilo tipográfico Estendido.
Estendido

O estilo Estendido é uma versão alargada do corte romano, obviamente, isso não quer dizer que o tipo foi simplesmente esticado, ele foi desenhando seguindo os mesmos critérios mostrados na versão condensada.

Dica: Nunca estique ou achate o seu texto a fim de criar uma aparência estendida ou condensada. Os tipos que possuem estes estilos foram desenhados para que parecessem assim.

Estilo tipográfico Negrito.
Negrito
Estilo tipográfico Medium.
Medium
Estilo tipográfico Black.
Black

Com traços mais espessos do que o romano, o Negrito também é chamado de Bold, e pode apresentar variações de espessura em uma mesma família tipográfica, como Medium, Seminegrito (Semibold), Preto (Black), Super, Ultra, Cartaz ou Pôster.

Estilo tipográfico Claro ou Fino.
Claro ou Fino
Estilo tipográfico Ultra fino.
Ultra fino

O estilo Claro ou Fino é uma variação do corte romano com traços mais leves. Também pode apresentar mais variações, como o Ultra fino, por exemplo.

Itálico ou oblíquo?

Itálico: Um itálico verdadeiro é uma face desenhada com base em um eixo de inclinação entre 7 e 20 graus.

Os itálicos têm estilo caligráfico, e podem ser compostos de forma compacta, em parte devido ao uso de muitas ligaduras, normalmente baseiam-se em faces serifadas.

Observe a diferença entre os caracteres romanos e itálicos mostrados na imagem abaixo.

Textos escritos em Myriad Pro romano e estilo tipográfico itálico.
Myriad Pro Itálico

Esta face apresenta tipos itálicos verdadeiros. Note a mudança nas características, principalmente do “e” e “a”, indicando que seus caracteres foram desenhados com base em um eixo com inclinação entre 7 e 20 graus.

Oblíquo: No século XX, os tipógrafos começaram a desenvolver versões inclinadas de caracteres romanos (especialmente para faces sem serifa), chamados oblíquos, porque os itálicos eram considerados inapropriados para o design industrial e não caligráfico dos tipos sem serifa.

As faces oblíquas também são criadas e projetadas, mas o desenho de suas letras é, essencialmente, uma versão inclinada de suas equivalentes romanas.

A confusão surge porque faces oblíquas são, muitas vezes, incorretamente apresentadas como itálicas, como é o caso da Helvética Neue Lt Std 55 Italic.

Texto em Helvética Neue Lt Std romano e estilo tipográfico obliquo.
Helvética Neue Lt Std Italic

Embora haja diferenças entre tipos itálicos e oblíquos, não existe o certo ou o errado na escolha entre os dois.

Como em todos os aspectos do design, a seleção do estilo tipográfico deverá basear-se em uma opinião bem formada sobre o que funciona melhor em um projeto específico para a finalidade pretendida.

Tipografia Básica – Gavin Ambrose e Paul Harris

Como de costume, consulte os links a seguir para continuar expandindo os seus estudos.

Se você tiver uma dúvida ou sugestão, use os comentários aqui em baixo, será muito bom poder te ler. 🙂 Até o próximo texto.

Leia também:
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments