Tipografia básica #3 – Variações da face de tipos

Neste artigo vamos aprender sobre as variações de uma face de tipos e como podem influenciar na maneira com que lemos e interpretamos textos.
Entre para o meu grupo no Telegram e receba conteúdos exclusivos.
Anúncio

O termo typeface (face de tipos) refere-se à letras maiúsculas (caixa-alta) e minúsculas (caixa-baixa) de um determinado design de tipos.

Uma das coisas mais importantes para se ter em mente ao olhar para uma face ou uma família de tipos, é que cada variação foi originalmente criada para uma função específica.

Assim como negritos são úteis para destacar textos, as faces de tipos são importantes na construção da maneira com que o texto será lido.

As diferentes faces de tipos em uma página da bíblia.
Faces de tipos em páginas da Bíblia

O modo como o olho e o cérebro humanos percebem, processam e interpretam a informação visual proporciona uma base sólida para os fundamentos do design de tipos.

Por esta razão, os designers de tipos tradicionais exploram e compreendem os limites tanto estéticos como tecnológicos quando desenham ou alteram o design de uma fonte.

Blocos de texto são considerados mais fáceis de ler quando compostos em romanas, ou seja, em uma combinação de caracteres maiúsculos (caixa-alta) e minúsculos (caixa-baixa).

Isso acontece porque o olho humano “varre” o texto usando as hastes mais altas (ascendentes) das letras para reconhecer palavras em vez de ler construtivamente cada palavra.

As maiúsculas têm a mesma altura e apresentam menos atalhos visuais do que as minúsculas, que têm hastes ascendentes ou descendentes que auxiliam a varredura.

Texto todo em maiúsculas

ESTE BLOCO DE TEXTO SERÁ MUITO MAIS DIFÍCIL DE LER, UMA VEZ QUE VOCÊ PRECISA LER CADA CARACTERE DE UMA PALAVRA INTEIRA PARA CONSEGUIR ENTENDÊ-LA.

LETRAS MAIÚSCULAS SÃO MAIS COMUMENTE USADAS EM CABEÇALHOS, TÍTULOS OU APENAS NO COMEÇO DE FRASES, PARÁGRAFOS, NOMES PRÓPRIOS, ETC. ESTE TEXTO TORNA A SUA LEITURA LENTA E CANSATIVA.

Texto em maiúsculas e minúsculas

Já a facilidade que você tem em ler este bloco de texto se dá justamente ao desenho que cada letra tem, com suas ascendentes (hastes mais altas,) e descendentes (hastes mais baixas) que permitem identificar mais facilmente o começo e fim de cada palavra. Você não precisará ler cada caractere individualmente.

Duas descobertas do começo do século se encontram entre os resultados de testes de leitura mais importantes. A primeira é que o ser humano lê palavras inteiras, como blocos, e não um caractere por vez. E a segunda é que o movimento dos olhos acontece através de pulos ao longo da linha, com pausas em intervalos regulares.

Com isso, pode-se calcular a duração dessas paradas, o número de regressões (quando se lê de novo uma mesma palavra ou até a linha inteira) ou quando se pula uma linha sem querer.

Alguns idiomas podem parecer desconfortáveis quando compostos em romanas. O alemão, por exemplo, usa maiúsculas no início dos substantivos, o que atrapalha o movimento de varredura dos olhos.

Versaletes

São caracteres maiúsculos com as mesmas dimensões de caracteres minúsculos. O versalete é utilizado em texto como um método de dar ênfase a determinada palavra ou expressão, em alternativa ao itálico ou quando o negrito é inapropriado, e o tamanho reduzido previne que palavras em letra maiúscula se destaquem por serem muito grandes, quando comparadas com o resto do texto.

O versalete pode ser utilizado para chamar a atenção à linha, ou expressão de abertura, no início do texto, e é também muito utilizado em entradas de dicionários e enciclopédias, em que muitas partes constituintes devem ser tipograficamente diferenciadas para assegurar uma maior clareza do conteúdo.

Textos em diferentes faces de tipo.
Comparação de textos em maiúsculas e minúsculas, maiúsculas e versalete

Também conhecidos como Small Caps, os versaletes oferecem ao designer um modo sutil de ressaltar um trecho de texto, sem que ele se destaque demais ou domine o corpo do texto circundante.

Títulos, nomes e referências podem assim ser enfatizados sem “gritar”, como fariam se fossem compostos em MAIÚSCULAS.

Um versalete fica muito mais harmonioso com o corpo do texto por que foi especificamente desenhado para ter a mesma espessura de traço dos caracteres regulares.

Então, não é o caso dos versaletes artificiais, que têm traços mais finos e dão a impressão de que os caracteres foram alongados.

Você pode ver como o emprego do versalete torna a construção de blocos de textos e de páginas inteiras mais harmoniosa observando as páginas de uma bíblia (as de estudo, principalmente), como na página 42 da imagem mais acima neste texto.

Algumas referências para você continuar a leitura:

Leia também:

Por que todos odeiam Comic Sans?

Você odeia a Comic Sans? Mas será que você realmente sabe o motivo deste ódio? Eu vou te mostrar neste texto que talvez você tenha um hate desnecessário pela fonte.

Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments